Óleo de Rícino Salon Line | Crescimento Capilar!

Lendo sobre as propriedades do áleo de Rícino fiquei bem curiosa pra comprar e realmente fazer o teste pra ver se ele realmente ajuda no crescimento capilar. Na casa de cosméticos encontrei o vidrinho  de 100ml da Salon Line por 12,50 golpinhos, achei o valor ok e trouxe pra casa. Levando em consideração a quantidade de cabelo que eu tenho logo imaginei que pra fazer umectação com ele toda semana, basicamente eu precisaria de mais uns 30 vidrinhos pra fazer durar, né? Mas acho que a melhor forma de usar de fato, somente na raiz do cabelo. No comprimento vocês podem optar por qualquer outro óleo pra hidratar. Foi exatamente o que eu fiz. Na primeira aplicação fiz massagem em todo couro cabeludo com o produto e deixei por alguns minutos. Ele tem um cheiro bem ruim, não estranhem, pelo que andei lendo o óleo de rícino puro tem mal cheiro por natureza mesmo. Outra característica é que o produto tem uma consistência bem grossa, então quem preferir pode tentar diluir um pouquinho esquentando no fogo, morno é o ponto ideal. 

Quando faço umectação sempre durmo com o óleo no cabelo, mas, como foi meu primeiro teste com esse produto deixei apenas por alguns minutos e então lavei. Não tive dificuldades pra retirar ele no banho como geralmente acontece com outros óleos. Foi coisa rápida. Durante algumas semanas vou repetir o processo e observar como o produto age nos meus fios. Mas de primeiro impressão, posso dizer que meu cabelo deu um efeito de maciez visível. Vale lembrar que o uso em excesso de algumas proteínas não fazem bem ao cabelo. Eu diria que fazer esse procedimento uma vez por semana ou a cada 15 dias é por si só já é o suficiente. E mesmo sendo óleo, cada cabelo é um universo particular então vale apena alguns cuidados pra conseguir obter um resultado legal no final, certo?!

Vocês já usaram também? O que acharam? Me contem!
Um beijo,
@ychriste

Comentários

  1. Adorei a resenha, acho lindas as embalagens da marca.

    Beijão
    http://maosdeprincesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas